quinta-feira, 24 de setembro de 2009

DEBAIXO DOS CARACÓIS...

Analisando minhas fotinhas, senti-me um camaleão de peruca. Cabelo curto, comprido, cacheado, escovado, fio reto, repicado, em “V”, castanho, preto, vermelho sangue. Brancos ainda não – pelo menos!!! A verdade é que as madeixas mudam a cara, o astral e a auto-estima de qualquer mulher. Se os cabelos estão belos 50% de chance de o humor piscar no verde limão.

Nada melhor que alguém te encontrar e dizer: Nossa... Sua voz continua a mesma, mas seus cabelos... Quaaaanta diferença!!!

Agora me diga aí: como posso achar meus cabelitchos lindos assistindo às novelas Globais?

É impossível!!! Tenho pena das meninas que crescem assistindo Malhação e tomam o cabelo das atrizes por padrão a ser esticado. Basta observar como mudaram os fios de Camila Pitanga, Cristiane Torloni, Angélica, Daniela Mercury, dentre outras mil. Não sei que tipo de ácido poderoso a Globo dá para esse povo beber que os cabelos brotam lisinhos lisinhos do cabeção.

Eu moro na Bahia, velho, e 80% das pessoas aqui têm cabelos crespos e cacheados. Mas ninguém mais quer ter cachos! Ditadura das escovas!!! Inventaram mil nomes: progressiva, inteligente, ionizada, japonesa, etc. e tals. Mas não adianta!!! Pau que nasce torto nunca se endireita.

O povo daqui inventa de escovar o cabelo e ir pular atrás do trio. Quando o suor começa a derramar – lógico, não há Xuxa que não derreta atrás do Asa de Águia, em Praia do Forte, num calor de 30 graus – a raiz do arame dá aquela repuxada e mostra todas as farpas. Ôu, mái!!! Se perder o prendedor de cabelo vai ser um pega pra capá - confusão em baianês!

Não ia nem citar as moçoilas que deixam a cabeleira escovada por uma semana. No quinto dia os fios já estão tão tão tão engordurados, do sol e suor, que fica aquele aspecto de macarrão unidos venceremos. Se cair um fio todos caem juntos em solidariedade. O que era para ter ficado belo vira sinônimo de imundície.

Estou na fase de valorizar os meus fios compridos e encaracolados. O negócio é que só lavo cabelo no salão. Não sou rica, longe disso. É que não levo o menor jeito para hidratar com um creme Mega Master Blaster Plus Advanced e dar o brilho que meus tão humilhados cachinhos merecem. Passo por todo um processo para ele cachear.

Fico meia hora apertando, apertando, apertando ele com as mãos até ficar tudo formadinho. Formou? Daí tenho que esperar secar com o pescoço duro – tipo com torcicolo - pois se um cacho cair para a frente ferrou. Uma vez caído o “molho” não fica mais a mesma coisa.

Tenho uma amiga que me disse que já se trancou no carro com o ar condicionado ligado para o cabelo secar mais rápido!!! Não dá, né? Além da grana da cabeleireira, do creme plus ainda tem a gasolina! É mais barato raspar a cabeça e adotar um visual punk!

Para mim, cabelo molhado só de dia, não dá para sair na night com as madeixas molhadas – não o meu que é volumoso e não seca. Ah! E tem as meninas que jogam 1Kg de creme na cabeça e depois fica tudo escorrendo na roupa ou nas costas. É uma meleca!

Vocês já observaram que, até nas propagandas de produtos hair, os cachos não são naturais, são todos feitos de babyliss?

Porra, velho!

Minha sobrinha-filha tem os cachinhos mais lindos do mundo e um dia desses pediu à minha mãe para passar chapinha no cabelo para ir para a escola. Pense numa criança de 4 anos batendo pé para passar a maldita “pranchinha”? Parecia aquele menino que só queria fazer "cocô" na casa do Pedrinho! Achei aquilo o cúmulo do absurdo e dediquei um dia de conversa a fim de lhe convencer, para todo o sempre, que seus cabelos são lindos e que seus cachos são maravilhosos.

Se aprendermos a valorizar, e gostar, do que temos, desde pequenas, com certeza, nos aceitaremos e teremos uma auto-estima mais concreta.

Mas como ela pode acreditar nisso vivendo em uma cultura onde o padrão de beleza capilar exige cabelos lisos, ralos, louros e brilhantes? Não dá... Respeitem os meus cachinhos!!!

13 comentários:

Kerol disse...

Vivo o desafio de domar o leão e driblar o valderrama que acorda em mim!!!um dia sem vento e com sorte, cachinhos lindos!!!...que dormidos não servem para nada...só para um rabinho de cavalo espanador...e ainda querem que eu não demorem de me arrumar!
Salve santa mãe protetora da kerastase, amend, redken, diva....


bjo, LU!

Diego Borges disse...

Bem , as mulheres são mais ansiosas que os homens e isso é fato e também é fato que a primeira coisa em que as mulheres descontam essa ansiedade é no cabelo. Se aproveitando disso a mídia lança sua moda a fim de que possa lucrar com sua influencia. Prova disso é o que vc disse sobre a babyliss. A gente ve descaradamente que aquilo nunca foi na vida o produto que fez e sim cabeleireiros altamente especializados em fazer reboco.Mas depois que o povo fica doido
Também vejo muito uma mulher querendo ter a beleza de outra, tipo a de cabelo liso quer ter cabelo cacheado e cabelo cacheado liso, a loira que ser ruiva , esta por sua vez quer se morena que por sua vez quer se loira mas no final das contas acaba ficando sem cabelo, afinal corte químico ta mais comum do que se imagina ( PS: sou filho de cabeleireira rsrsr)
Acho que as pessoas precisam se amar mais como são . Deus fez cada um com sua beleza e cada beleza é unica . Digo isso por que não é so o físico que forma a beleza da mulher, tem todo conjunto como a personalidade, o olhar , a forma de se portar , de falar que junto a aquela beleza a torna unica pois tudo interage como se fosse uma coisa só.
Gostei bastante da postagem.
um abração !!!!

ana clara disse...

eu sei bem o q é isso... qdo guria os apelidos diversos: samambaia, valderrama, cabeluda, etc etc etc.
hj em dia, relaxei, apesar de muiiito tempo complexada. fico com os meus cachinhos e os elogios são diversos, até mesmo de quem alisa as duas madeixas... abaixo as chapinhas! por que não um rasta? ;)
ah! e hj em dia eu sou beluda, belu, valder (de valderrama), tudo no sentido mais carinhoso possível :) deu personalidade, né?

beiijo tchutchuca! mais um texto maaaaassa!

Elisa no blog disse...

OI querida,
Vc não vai acreditar, mas eu passei anos da minha vida fazendo permante para ondular, encaracolar meus cabelos. Não gostava deles lisos. Tem gente que briga com seus caracóis. Acho que as mulheres não estão satisfeitas com o que tem.
Há um bom tempo parei de brigar com meu cabelo. Estou aceitando meu cabelo preto, liso, liso até demais.
bj

Déia disse...

Faça como a atriz da novela da 8, Thais Araújo.. libere seus cachos!

bj

Anônimo disse...

Sendo eu masculino, destituido de vaidades e por cima careca, não me arrisco a dar uma opinião a respeito do assunto. Opinem as mulheres + ou - vaidosas.

Aninha Leme disse...

orra, meu.
se fosse só o cabelo... mas tem a ditadura do corpo perfeito, da magreza, da musculação, do peito, da bunda, das coxas, cabelos lisos... afff
cansei!
que se fo@# tudo!

besosss

Isadhora disse...

Respeitem os cachinhos e o volume dos cabelos!!!!

Desabafando disse...

vc está certíssima em se valorizar e valorizar seus cachos...sou contra esses padrões pré-estabelecidos que nos impõem pra que todas fiquemos iguais! Ninguém é igual ninguém. Eu adoro meu cabelo, tanto que nem uso tintura, gosto da cor natural dele. Agora, fios brancos de vez em quando me aparece um...rsrsrsrs....

Déia disse...

SELINHO PRA VC!

BJ

O Profeta disse...

Passei para te deixar um terno beijo...

Mônica disse...

Sou a favor da mudança.
Alisar, cachear, pintar, seja o que for, adoro mudar.Só não podemos virar escravas disso....já somos "escravizadas" em 10000 coisas desse tipo!!!!

Ai...que nojo desse texto...rsrsrs
Harg!A parte do creme...aff...


Sem palavras!rsrsrs

Desabafando disse...

Tem selinho pra vc lá!